Contatos 11 3492-0169 11-5513-6064        11- 98255-6755 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS VOLTAR PRÓXIMA HOME HOME
Ebori/Bori O Ritual de Ebori/Bori é muito sério, complexo e profundo. Ori (Yoruba) significa literalmente cabeça, intelecto inteligência e é misticamente o primeiro Orixá a ser cultuado. Da fusão da palavra Bó, que em Ioruba significa oferenda, com Ori, que quer dizer cabeça, surge o termo Bori, que literalmente traduzido significa alimentar a cabeça. Seu objetivo é o de alimentar o Ori Eledá, seja
qual for o sexo, raça, profissão, idade, nível social da pessoa. Omi (água) e obi (semente africana), por exemplo, são elementos indispensáveis no Bori A coexistência do Orí físico ( Ori ade) e do Ori espiritual (Ori inù) do homem perfaz o Òrìṣà Orí, e, é através dos ritos próprios do Borí, que se estabelece essa comunhão, é assim que se busca a estabilidade espiritual. É desta forma que se consegue optar e viver melhor, o mais próspero possível. Orí é quem sempre está mais próximo do homem e nunca o abandona, portanto é fundamental harmonizar a coexistência. Somente o Òrìṣà Orí, é assentado, sacralizado, reverenciado e ofertado no cerimonial do Borí, esse é um dos mais importantes rituais das religiões de matriz africana, pois abrange todos os adeptos de forma igualitária e sem distinções. Assim sendo, deve-se sempre rogar e ofertar antes de qualquer outro Òrìṣà. Como diz um verso religioso Yorùbá (ẹsẹ ifá): “Nenhuma divindade poderá ser adorada, sem o consentimento do seu próprio Orí.” Ori é o nosso Deus pessoal nosso Axé interno é a ele que suplicamos e agradecemos primeiro, só quando Ori permite e que o seu Orixá pode te ajudar por isso ore e peça primeiro permissão ao seu Ori para que o seu Orixá te ajude. O Bori e o ritual necessário para alinhar suas energias do Ori inù e o Ori ade, assim trazendo sua verdadeira personalidade e te colocando de volta no seu caminho (pre- destino). Todas as pessoas deviam fazer um ritual de limpeza e depois o Bori para afastar assim a fome, a miséria, a doença, a solidão, a depressão, a síndrome do panico, etc. alguns sacerdotes (isas), não fazem Bori nos seus clientes por terem erroneamente aprendido que se de-se o Bori no cliente depois terá que se iniciar mas isso e um enorme engano pois no Bori para um cliente não se monta Ibà Ori apenas faz uma oferta a Ori. Só através do jogo de Búzios ou Opelé é que se pode determinar quais elementos vão compor a mesa do Bori pois cada cabeça é unica então cada Bori e individual respeitando sua energia interna e a externa (Orixá).