Contatos 11 3492-0169 11-5513-6064        11- 98255-6755 HOME VOLTAR PRÓXIMA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
SIMPATIAS PARA FINS DIVERSOS DINHEIRO Para ter Sempre Dinheiro Coloque três moedas de qualquer valor e sete grãos de milho em cada canto de sua casa e deixe lá por quanto tempo achar necessário. Para ter O bolso sempre cheio Tire   da   sua   carteira   uma   nota   de   qualquer   valor   e   coloque-a   em   um   prato.   Despeje   açúcar   e   deixe   uma   moeda   sobre   a nota.   Em   seguida,   acenda   uma   vela   amarela   e   reze   três   Pai-Nossos   e   três   Ave-Marias.   Depois,   diga:   "Não   me   faltará dinheiro, muito pelo contrário, sobrará. Prometo ajudar quem necessitar". Para Gastar Menos. Na   última   sexta-feira   de   qualquer   mês,   logo   que   acordar,   esquente   uma   bacia   de   água   e   coloque   um   pouco   de   arroz. Tome   um   banho   e,   depois,   se   enxágüe   com   esta   com   esta   água,   começando   do   pescoço   para   baixo.   Em   seguida,   vista roupas limpas e claras. OUTROS Para não fumar mais Pegue   sete   pontas   de   cigarro   que   fumou   durante   o   dia.   Juntar   tudo   e   colocar   num   saquinho   de   papel   junto   com   um punhado   de   sal   e   jogar   em   água   corrente,   de   preferência   um   rio   e   dizer:   "Assim   como   a   água   corre   e   não   volta   eu   quero que essa água leve meu vício e ele não volte" fazer isso três dias. Para amiga que ficar interessada no seu marido. A primeira vez que esta "amiga da onça" for novamente a sua casa, espalhe talco a partir da porta da entrada para ver bem o rastro dela. Quando ela sair apague, com seu pé esquerdo sobre um pano branco, todas as marcas que ela deixou ao entrar em sua casa. Para apressar o crescimento do cabelo. Colocar uma mecha do próprio cabelo num olho de bananeira. SIMPATIAS PARA CURAR DOENÇAS Quando uma criança está com coqueluche, é bom que uma vizinha, nascida em janeiro e em estado interessante, venha acudir o doente depois da meia-noite. Deve ela dizer todas as vezes que a criança perder o fôlego: Tosse violenta, tosse sem fim, vai-te arrebenta lá nos confins.  Quem quiser sarar de mau cheiro  nas axilas, deve comprar um lencinho branco e virgem, amarrar numa das suas pontas um tostão, ir a uma encruzilhada, esfregar o lenço nos sovacos e atirá-lo no meio da estrada. Quem pegar o lenço leva também o bodum (o cheiro forte). Quem sofre de epilepsia precisa beber, em seis dias seguidos, uma xícara de cachaça, onde teria ficado de molho, durante uma semana, o umbigo de um recém-nascido. • Cura-se bêbado inveterado dando-lhe um ovo de coruja mal assado e vinho misturados a gotas de suor de cavalo. Cortar as unhas na segunda-feira  evita dor de dentes. Às sextas-feiras evita nevralgias e unheiros. Para evitar futuras dores de dentes, ao escurecer, quando o sabiá piar, dar três cuspidas para o lado direito e três para o lado esquerdo. • Para enfermidades no peito, passar sangue de gato preto ou testículos de porco. • Colocar uma cruz feita de palha de milho na cabeça de quem deita sangue pelo nariz faz a hemorragia estancar imediatamente. Criança que sofre de ataques de lombriga  deve usar um "colar de alho" ou de "olho de cabra". Para curar o vício de urinar na cama, fazer a criança sentar num formigueiro. Para ter olhos grandes, brilhantes e bonitos, esfregue olhos de vaga-lumes na criança, diante de um espelho sem muita claridade. Se o trabalho não for bem feito, a criança pode perder "para sempre a vista". Para curar eczema  faça o seguinte: Numa sexta-feira, antes do sol nascer, põe-se no meio do quintal uma bacia cheia d’água na qual, ao meio-dia em ponto, o doente lava o rosto ou outra parte afetada. • Para curar dor de ouvidos, passar por dentro das orelhas o rabo de um gato preto. O doente deve estar em jejum e o tratamento precisa ser repetido três vezes. Para curar dor de ouvido, passar por dentro das orelhas pó de chocalho de cascavel • Cura-se íngua, colocando-se no bolso da calça do lado em que ela estiver, dentro de um saquinho de pano branco, três grãos de sal grosso. • Para icterícia, chá de grilo. • Quando os pés ficam adormecidos, traçar sobre eles uma cruz com saliva. Para inflamação na gengiva,  passar crista de galo, após ser extirpada do galináceo vivo. Para hidrofobia,  chá de penas de urubu. • Cura-se a asma,  comendo, com um pouco de açúcar, uma lesma depois de esmagada e fervida.  Quando se tem um terçol, chega-se a um companheiro e, com a mão, faz-se várias vezes o gesto de como quem passa o incômodo para o olho do outro. Diz-se: "passe pra você, passe pra você…" Evita-se câimbra,  colocando-se um pedaço de aço sob o travesseiro. Para feridas brabas,  aplicar sobre elas um sapo aberto ao meio. • Raspa de dente de jacaré, tomado como chá, cura qualquer dor. Para acabar com os problemas de coluna:  basta colocar um pau de cana, do tamanho de sua altura, debaixo da cama. Para a cura da maleita, andar com um osso de defunto pendurado no pescoço. • Quando cai um dente, deve-se jogá-lo no telhado. • Para dores nos rins, chá de saco de bode... SIMPATIAS • Quando se perde alguma coisa e não se consegue encontrar, toma-se uma palha de milho e damos-se nela três nós, com o que se amarra o diabo, e o objeto perdido aparecerá. Mas, depois de encontrá-lo não se deve esquecer-se de desmanchar os nós, se não tudo de ruim acontecerá na casa. • Para a moscas mudarem de sua casa,  faça em jejum, e, em qualquer sexta-feira pela manhã, o seguinte pedido: Moscas malvadas, da sexta pro sábado estejam mudadas. • Quando uma visita está demorando a ir-se embora e começa a aborrecer joga-se um punhado de sal no fogo. A visita vai-se embora logo. • Para emagrecer,  amarrar na cintura, por baixo das roupas, um cordão bem fininho. • Queimar chifre de boi e casca de coco  no canto da casa, à noite, espanta o capeta. • Pôr um chifre de boi estrepado na ponta de um pau, no terreiro, espanta o capeta.• Deve-se usar um galho de pinhão roxo dentro da casa para evitar mau-olhado. SUPERSTIÇÕES E CRENDICES • Dois dias antes de se encontrar com a moça desejada, coloque um vaga-lume numa caixa de fósforos, e na hora de fechar prende ai a ponta de um lenço. No dia do encontro, sem que a moça veja, trace três cruzes no ar, atrás dela, com esse lenço. A moça fica perdidamente apaixonada. • Deixar alguém morrer sem vela na mão, a alma fica no escuro, e o demônio leva a alma para as trevas do inferno. • Tirar leite de vaca ou de cabra na Sexta-Feira Santa é pecado. O leite ao sair do úbere da vaca, ou da cabra, vira sangue; e o animal fica inutilizado porque nunca mais se pode ordenhá-lo.  Quando míngua a lua Não comece coisa alguma. • Deixar tesoura aberta é sinal de morte. • Fazer a barba depois da comida produz congestão. • Se a primeira visita do dia 1º de janeiro for um homem, ele trará felicidade para o ano todo. • Para atrair dinheiro, usar uma peça qualquer do vestuário na cor amarela, essa cor representa o poder do ouro. • Não se deve matar galinha na Sexta-Feira Santa. Quem o fizer, ficará com o braço com que torcer o pescoço da galinha, paralítico, como castigo. • Se duas pessoas enxugarem as mãos, ao mesmo tempo, na mesma toalha ficarão inimigas. • Andar de costas. A mãe morre. • Dar e depois tirar deixa a pessoa corcunda ou aleijada.