Contatos 11 3492-0169 11-5513-6064        11- 98255-6755 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS VOLTAR PRÓXIMA HOME
As Aves Sagradas do Candomblé O   Candomblé   é   uma   religião   que   tem   na   natureza   a   base   para   a sua    sobrevivência.    Para    nós,    existem    muitos    animais    que    são sagrados    e    venerados.    Hoje    vamos    falar    sobre    das    7    mais importantes   aves   do   Culto   ao   Orisa.   Aves   que   possuem   prestígio inigualável,    frente    as    demais:    Agbe,    Aluko,    Lekeleke,    Odidere, Akoko,    Agbufon    e    Opere.Uma    antiga    história    yorùbá,    diz    que Olodunmare   Eleda   Ohun   Gbogbo,   o   criador   de   todas   as   coisas, disse    que    06    pássaros    seriam    primordiais,    inigualáveis    e    de prestígio   inquestionável   no   Aye.   Disse   que   esses   pássaros   seriam   respeitados   como   as próprias   Divindades.Os   Adivinhos   queriam   saber   quais   seriam   os   pássaros   e   o   que   os diferenciariam     dos          demais.     Olodunmare     disse     que     esses     pássaros     seriam transformadores   de   Asè,   ele   disse   que   esses   pássaros   carregariam   o   próprio   Asè.   Mas como eles seriam detentores de Asè, como eles carregariam o Asè? Olodunmare Então   chamou   o   pássaro Agbe   e   disse: Agbé   você será    detentor    de    Asè,    você    carregará    em    seu corpo    o    próprio    Asè.    Agbé    questionou    o    que deveria   fazer.   Você   deverá   banhar   sua   plumagem no   Aro.   Agbe   o   fez,   ganhou   beleza   e   passou   a receber    honrarias.    Agbé    agora    é    um    primordial inigualáve Mas,    ainda    faltavam    05    pássaros.    Olodunmare então   chamou   o   pássaro Aluko   e   disse: Aluko   você será   detentor   de   Asè,   você   carregará   em   seu   corpo   o   próprio   Asè. Aluko   questionou   o   que   deveria   fazer.   Você   deverá   banhar   sua   plumagem   no   Osun. Aluko o    fez,    ganhou    beleza    e    passou    a    receber    honrarias.    Aluko    agora    é    um    primordial inigualável Mas,   ainda   faltavam   04   pássaros.   Olodunmare   então   chamou   o   pássaro   Odidere   e   disse: Odidere   você   será   detentor   de   Asè,   você   carregará   em   seu   corpo   o   próprio   Asè.   Odidere questionou   o   que   deveria   fazer.   Você   deverá   banhar   sua   plumagem   no   Epo   Pupa.   Odidere o    fez,    ganhou    beleza    e    passou    a    receber    honrarias.    Odidere    agora    é    um    primordial inigualável. Mas,   ainda   faltavam   03   pássaros.   Olodunmare   então   chamou   o   pássaro   Lekeleke   e   disse: Lekeleke   você   será   detentor   de Asè,   você   carregará   em   seu   corpo   o   próprio Asè.   Lekeleke questionou   o   que   deveria   fazer.   Você   deverá   banhar   sua   plumagem   no   Efun.   Lekeleke   o fez,    ganhou    beleza    e    passou    a    receber    honrarias.    Lekeleke    agora    é    um    primordial inigualável. Mas,   ainda   faltavam   02   pássaros.   Olodunmare   então   chamou   o   pássaro   Akoko   e   disse: Akoko   você   será   detentor   de   Asè,   você   carregará   em   seu   corpo   o   próprio   Asè.   Akoko questionou   o   que   deveria   fazer.   Você   poderá   usar   a   coroa   vermelha. Akoko   vestiu   a   coroa, ganhou beleza e passou a receber honrarias. Akoko agora é um primordial inigualável. Mas,   ainda   faltava   01   pássaro.   Olodunmare   então   chamou   o   pássaro   Agbufon   e   disse: Agbufon   você   será   detentor   de   Asè,   você   carregará   em   seu   corpo   o   próprio   Asè.   Agbufon questionou   o   que   deveria   fazer.   Você   receberá   a   outra   coroa.   Agbufon   vestiu   a   coroa, ganhou beleza e passou a receber honrarias. Agbufon agora é um primordial inigualável. Depois   disso,   Olodunmare   disse   que   nenhuma   outra   ave   seria   inigualável   e   de   prestígio inquestionável   no   Aye.   Mas   havia   outro   pássaro,   que   não   parava   de   reclamar,   ele   queria ser   inigualável   e   de   prestígio,   esse   pássaro   era   Opere.   Olodunmare   então   disse   que cortassem   a   cauda   de   Opeere   e   que   isso   o   diferenciaria   dos   demais,   uma   cauda   muito curta.Assim, essas 7 aves tornaram-se importantes no culto ao Orisa, sendo veneradas. A   outras   aves   também   muito   utilizadas   nos   rituais   aos   Orisas,   como;   àdàbà;   Ave   africana equivalente   a   uma   pomba   silvestre,   pomba.Akalamagbo;   (Urubu)   Esta   ave   de   rapina   nos remete   a   uma   ideia   um   pouco   mais   além   ...   Aves   de   rapina   comem   orgãos   internos   e   isto está   ligado   ao   culto   das   Yiamins   Osorongã.Tangará;   Uma   ave   da   fauna   sul-americana. Seu     nome,     supostamente,     deriva     do     tupi     ata,     andar;     e     carã,     em     volta;     sendo correspondente ao vocábulo castelhano saltarin.
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS VOLTAR PRÓXIMA HOME
TEL FIXO 11 5513-6064
As Aves Sagradas do Candomblé O     Candomblé     é uma    religião    que tem   na   natureza   a base    para    a    sua ê    Para   nós,   existem muitos        animais que   são   sagrados e   venerados.   Hoje   vamos   falar   sobre   das 7    mais    importantes    aves    do    Culto    ao Orisa.     Aves     que     possuem     prestígio inigualável,     frente     as     demais:     Agbe, Aluko,       Lekeleke,       Odidere,       Akoko, Agbufon    e    Opere.Uma    antiga    história yorùbá,   diz   que   Olodunmare   Eleda   Ohun Gbogbo,    o    criador    de    todas    as    coisas, disse       que       06       pássaros       seriam primordiais,    inigualáveis    e    de    prestígio inquestionável   no   Aye.   Disse   que   esses pássaros    seriam    respeitados    como    as próprias         Divindades.Os         Adivinhos queriam   saber   quais   seriam   os   pássaros e   o   que   os   diferenciariam   dos      demais. Olodunmare    disse    que    esses    pássaros seriam   transformadores   de Asè,   ele   disse que     esses     pássaros     carregariam     o próprio    Asè.     Mas     como     eles     seriam detentores       de       Asè,       como       eles carregariam o Asè?       Olodunmare Então    chamou    o pássaro     Agbe     e disse:    Agbé    você será    detentor    de Asè,                você carregará   em   seu corpo     o     próprio    Asè.    Agbé questionou    o    que    deveria    fazer.    Você deverá    banhar    sua    plumagem    no    Aro. Agbe   o   fez,   ganhou   beleza   e   passou   a receber    honrarias.    Agbé    agora    é    um primordial inigualáve Mas,      ainda      faltavam      05      pássaros. Olodunmare    então    chamou    o    pássaro Aluko   e   disse:   Aluko   você   será   detentor de   Asè,   você   carregará   em   seu   corpo   o próprio    Asè.    Aluko    questionou    o    que deveria    fazer.    Você    deverá    banhar    sua plumagem   no   Osun.   Aluko   o   fez,   ganhou beleza    e    passou    a    receber    honrarias. Aluko agora é um primordial inigualável Mas,      ainda      faltavam      04      pássaros. Olodunmare    então    chamou    o    pássaro Odidere     e     disse:     Odidere     você     será detentor   de   Asè,   você   carregará   em   seu corpo   o   próprio   Asè.   Odidere   questionou o   que   deveria   fazer.   Você   deverá   banhar sua   plumagem   no   Epo   Pupa.   Odidere   o fez,   ganhou   beleza   e   passou   a   receber honrarias.   Odidere   agora   é   um   primordial inigualável. Mas,      ainda      faltavam      03      pássaros. Olodunmare    então    chamou    o    pássaro Lekeleke    e    disse:    Lekeleke    você    será detentor   de   Asè,   você   carregará   em   seu corpo   o   próprio Asè.   Lekeleke   questionou o   que   deveria   fazer.   Você   deverá   banhar sua   plumagem   no   Efun.   Lekeleke   o   fez, ganhou     beleza     e     passou     a     receber honrarias.       Lekeleke       agora       é       um primordial inigualável. Mas,      ainda      faltavam      02      pássaros. Olodunmare    então    chamou    o    pássaro Akoko   e   disse:   Akoko   você   será   detentor de   Asè,   você   carregará   em   seu   corpo   o próprio    Asè.    Akoko    questionou    o    que deveria   fazer.   Você   poderá   usar   a   coroa vermelha.   Akoko   vestiu   a   coroa,   ganhou beleza    e    passou    a    receber    honrarias. Akoko agora é um primordial inigualável. Mas,       ainda       faltava       01       pássaro. Olodunmare    então    chamou    o    pássaro Agbufon    e    disse:    Agbufon    você    será detentor   de   Asè,   você   carregará   em   seu corpo   o   próprio   Asè.   Agbufon   questionou o    que    deveria    fazer.    Você    receberá    a outra    coroa.    Agbufon    vestiu    a    coroa, ganhou     beleza     e     passou     a     receber honrarias. Agbufon   agora   é   um   primordial inigualável. Depois     disso,     Olodunmare     disse     que nenhuma   outra   ave   seria   inigualável   e   de prestígio     inquestionável     no    Aye.     Mas havia   outro   pássaro,   que   não   parava   de reclamar,   ele   queria   ser   inigualável   e   de prestígio,     esse     pássaro     era     Opere. Olodunmare   então   disse   que   cortassem   a cauda      de      Opeere      e      que      isso      o diferenciaria     dos     demais,     uma     cauda muito      curta.Assim,      essas      7      aves tornaram-se     importantes     no     culto     ao Orisa, sendo veneradas. A    outras    aves    também    muito    utilizadas nos   rituais   aos   Orisas,   como;   àdàbà;   Ave africana     equivalente     a     uma     pomba silvestre,     pomba.Akalamagbo;     (Urubu) Esta    ave    de    rapina    nos    remete    a    uma ideia    um    pouco    mais    além    ...   Aves    de rapina   comem   orgãos   internos   e   isto   está ligado        ao        culto        das        Yiamins Osorongã.Tangará;    Uma    ave    da    fauna sul-americana.   Seu   nome,   supostamente, deriva    do    tupi    ata,    andar;    e    carã,    em volta;   sendo   correspondente   ao   vocábulo castelhano saltarin.